Associação dos Fiscais Fazendários de Ribeirão Preto/SP

Risco de contágio da crise no Brasil é pequeno

O impacto da crise europeia sobre o Brasil e também sobre a América Latina não será tão forte, na visão do economista-chefe da seguradora de crédito francesa Coface, Yves Zlotowski. Segundo ele, a desaceleração vista em alguns países, como o Brasil, que ficou estagnado no terceiro trimestre do ano passado, está mais ligada a políticas fiscais e monetárias restritivas para controlar a inflação do que a impactos dos problemas europeus.
 

Além disso, ele se diz “relativamente otimista” por esperar que a recessão na Europa dure apenas um semestre, com alguma melhora da confiança de consumidores e empresários da região do euro a partir de meados deste ano. Zlotowski acredita em expansão de 0,7% para a Alemanha e 0,3% para a França em 2012.

Leia mais: http://www.sinfisco.com.br/component/content/article/1-gerais/1096-risco-de-contagio-da-crise-no-brasil-e-pequeno